C6 Bank oferece compra e venda de ações pelo aplicativo do banco

O C6 Bank lançou recentemente a categoria de renda variável em sua plataforma de investimentos. Dessa forma, os clientes do banco agora podem comprar e vender ações, ETFs (Exchange Traded Funds) e BDRs (Brazilian Depository Receipts), que são negociados na Bolsa de Valores de São Paulo B3 no aplicativo da instituição. Mais importante ainda, o custo de corretagem na negociação é zero.

Este lançamento expande ainda mais o catálogo de produtos de investimento do banco, que já inclui CDB (Certificado de Depósito Bancário) antes e depois de um período fixo e 158 opções de fundos de investimento.

Romildo Valente, chefe do departamento de investimentos do Banco C6, afirmou: “Com renda variável, damos comodidade ao investidor, que agora pode comprar e vender ações em um ambiente onde já tem conta corrente.” “Ou seja, você paga pela energia elétrica, Faça uma transação TED, converta seus pontos em passagens aéreas e, em seguida, compre ações no mesmo aplicativo. Nossa recomendação é se tornar um banco completo, o que é razoável. “

Como fazer a compra e venda de ações no C6 Bank?

Para investir em ações, BDRs ou ETFs, basta acessar a seção “Investimentos” do app e selecionar “Catálogo de Produtos” e depois “Renda Variável”. Antes de se inscrever pela primeira vez, o aplicativo orientará os usuários no breve registro de informações pessoais exigido por lei. A partir daí, a negociação das ações é liberada para o cliente no aplicativo.

Por último, a C6 Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, pertencente ao Banco C6, intervém nas operações de rendimento variável. A corretora iniciou suas operações no ano passado, inicialmente com foco em investidores institucionais, como grandes administradoras de recursos e fundos de pensão.

Com a provisão de renda variável para pessoas físicas, o C6 Bank agora também está atendendo ao crescente interesse dos brasileiros nas bolsas de valores. O número de CPF cadastrados no B3 ultrapassou os 3 milhões.

Saiba mais Sobre o banco

C6 Bank

O C6 Bank é, sem dúvida, um banco completo para particulares e empresas. Sem agências físicas, o C6 Bank pode fornecer a todos os clientes produtos financeiros acessíveis. Além disso, o banco não cobra taxas por produtos básicos, como manutenção de conta corrente, saques e transferências. O grupo tem sede em São Paulo e mais de 1.200 funcionários, entre eles C6 Bank, PayGo, Setis e Som.us.

O C6 Bank é um banco digital brasileiro que oferece contas correntes e de pagamento. Semelhante às instituições de pagamento digital (como Nubank ou Banco Inter), esta instituição financeira não possui agências físicas e oferece serviços totalmente online. Seu aplicativo pode ser usado para Android e IOS.

O banco foi criado em 2018 por um ex-sócio do BTG Pactual. Em 2019, o Banco C6 obteve licença comercial emitida pelo Banco Central do Brasil e iniciou suas atividades no mesmo ano. Inicialmente, seu funcionamento partiu da fase beta, durante a qual poucos usuários podem se cadastrar no serviço por meio de convite, mas atualmente qualquer pessoa pode baixar o aplicativo e abrir uma conta.

A sede da agência fica em São Paulo, mas o banco também tem escritório em Nova York. Lá, um sistema para detecção de empréstimo e fraude foi desenvolvido em cooperação com o Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Atualmente, os serviços prestados pelo C6 Bank incluem contas correntes, cartões de crédito, investimentos, C6 Taggy para cobrança e empréstimos. Certos serviços só podem ser utilizados após consulta prévia.

Significado do nome

C é o símbolo do carbono e 6 é seu número atômico. O carbono é a base da vida e existe em nossas vidas diárias de muitas maneiras diferentes. Sua importância reside na maneira como se conecta com outros elementos para formar algo maior.

Do modelo mais simples (como grafite) ao modelo mais complexo (como fibra de carbono) ou modelos raros (como diamante). O objetivo do banco é surpreender as pessoas com relacionamentos reais, mudando a experiência bancária.

Veja também: Como vender pelo PicPay? Veja as taxas e como receber pagamentos

Deixe um comentário